Câmara aprova crédito suplementar no orçamento da Prefeitura para contratação de consultoria financeira e materiais para confecção de roupas e adereços para eventos da Educação

Publicado por: Brunara Ascencio - Jornalismo Câmara Municipal

Publicado em: 09 de outubro de 2018

O Plenário do Legislativo aprovou em única votação, com oito votos favoráveis e um voto contrário, na sessão extraordinária realizada na segunda-feira (8), o Projeto de Lei nº 5.393/18, do Executivo Municipal, que dispõe sobre abertura de crédito adicional suplementar, no valor de R$ 145 mil, no orçamento da Prefeitura.

De acordo com ofício do prefeito Toshio Toyota na segunda-feira (8), em substituição ao encaminhado junto à proposta inicialmente, o crédito será coberto mediante anulação parcial de dotações orçamentárias, sendo que R$ 5 mil será utilizado pelo Executivo na contratação de empresa de consultoria na área financeira; e R$ 140 mil será utilizado pela Secretaria Municipal de Educação para manutenção das unidades escolares e abertura de licitação para aquisição de tecidos e aviamentos destinados à confecção das roupas dos alunos das escolas municipais que se apresentarão no festival de encerramento do ano letivo.

Representantes da Secretaria de Educação estavam presentes na sessão e esclareceram que o valor de R$ 140 mil será utilizado para aquisição de materiais para confecção de roupas e adereços para os alunos da rede municipal de ensino que irão se apresentar em quatro eventos que serão realizados até o final do ano: dia 22/11, Projeto Humanização; dias 27 e 28/11, Projeto Educarte; dia 5/12, encerramento dos Projetos Pedagógicos da Educação Infantil; e dia 6/12, encerramentos dos Projetos Pedagógicos do Ensino Fundamental II e do Magistério.

A proposta foi aprovada com oito votos favoráveis e um voto contrário: os vereadores Amilcar Raphe, Cleber Gaúcho, Locutor Douglas Alex, Ideval do Sinserp, Ivone Magri Ruiz, Beto de Souza, Leandro Tadeu Lança e Sônia Canato votaram a favor; o vereador Celso Andrade Júnior votou contra; o vereador presidente Nelsinho Luiz não apresenta voto, pois o quórum para votação do Projeto é de maioria simples; os vereadores Jair Gordo, Roberto Melchiori e Tiago Marins não estavam presentes na sessão.

 

*******

Tramitação

- Para acessar a íntegra do Projeto de Lei e detalhes da tramitação como pareceres da Procuradoria Jurídica e das Comissões, votação, entre outros, clique aqui.



Cadastre-se e receba notícias em seu email