Projeto Câmara Visita esteve na EMEF "Profª Nilva Dalbello de Lima"

Publicado por: Brunara Ascencio - Jornalismo CMNH

Publicado em: 15 de março de 2019

Os vereadores Antônio Dejair da Silva (Jair Gordo), Cleber da Rosa Moreira (Cleber Gaúcho), Douglas Alex Pedro (Locutor Douglas Alex), Ideval Rogério Cardoso (Ideval do Sinserp), José Roberto de Oliveira Souza (Beto de Souza), Nelson Luiz Benevenuto (Nelsinho Luiz) e Sônia Maria Pasiani Canato, acompanhados de servidoras da Câmara, fizeram uma visita, na quinta-feira (14), à Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) "Profª Nilva Dalbello de Lima", localizada no Parque Honório Roncoletta.

Os edis foram recebidos pelo Secretário Adjunto de Educação, José Regynaldo Rota; Subsecretária de Ensino Fundamental, Daisy Almagro; Subsecretária de Educação Infantil, Silvana Glad; Coordenadora do Ensino Fundamental, Oliana Ascêncio; Diretora de Escola, Amabile Arruda; Gestores da EMEF, Patrícia Martinelli e Rafael Oliveira; Agente de Serviços Públicos, Marcos Soler; e outros funcionários da Educação. Também estava presente Igor Francisco de Sales, mestre de obras da VSM Engenharia Ltda., empresa responsável pelo término da construção da unidade de ensino.

Desde a última segunda-feira (11), a EMEF passou a funcionar recebendo 580 alunos, entre os períodos da manhã e da tarde, no entanto, a obra ainda não foi concluída, o que causou insatisfação por parte de pais e munícipes, que procuraram vereadores alegando, entre outros fatores, falta de segurança no local para os alunos.

Segundo os gestores educacionais, as fortes chuvas do início do ano levaram à transferência antecipada da CMEI "Profª Salete Aparecida Laude" para parte do prédio da EMEB "Profª Hebe de Almeida Leite Cardoso", com isso, os alunos do Ensino Fundamental I da Escola Hebe também foram transferidos antecipadamente para a EMEF "Profª Nilva Dalbello de Lima". Conforme informado, as transferências e o remanejamento de alunos entre as unidades já estavam previstos quando do término da construção da nova unidade de ensino, mas tiveram que ser antecipados.

O mestre de obras Igor explicou aos vereadores que a empresa acordou com a Prefeitura entregar os locais que seriam utilizados de imediato pelos alunos para que a unidade passasse a funcionar. Afirmou, também, que essa liberação ocorreu em conjunto com órgão competente do Governo do Estado e fiscalização do técnico de segurança da empresa e do engenheiro da Prefeitura.

De acordo com Igor, o prazo para entrega final da EMEF é dia 28 de março, no entanto, as chuvas do início do ano, furtos e atraso na entrega de materiais e a ocupação antecipada de parte do prédio devem atrasar a entrega final da unidade, uma vez que o planejamento de trabalho agora é feito em conjunto com a direção da escola.

Os gestores educacionais ressaltaram que diversas providências foram tomadas para garantir a segurança dos alunos como, por exemplo, isolamento das áreas que estão em obras e saída das crianças das salas para o refeitório ou banheiro somente acompanhadas de monitores.

No final da visita, os vereadores agradeceram aos representantes da Educação e da empresa VSM Engenharia por todas as informações passadas e salientaram que a segurança dos alunos deve ser prioridade até o término da construção da unidade de ensino.

 

*Observação: Não foram tiradas fotos dos alunos em sala de aula porque a Direção da Escola ainda não possui autorização dos responsáveis para uso de imagem das crianças.



Cadastre-se e receba notícias em seu email