Vereadores sugerem que recursos excedentes de 2015 da Câmara sejam destinados à Santa Casa e a outras 14 Entidades

Publicado por: Assessoria de Comunicação

Publicado em: 21 de dezembro de 2015

Objetivo é ampliar a quantidade de Entidades que poderão ser beneficiadas com os valores.

O presidente da Câmara Municipal de Novo Horizonte enviou, na última terça-feira (15), ofício ao Executivo sugerindo que os recursos excedentes do Legislativo referente ao ano de 2015 sejam destinados em partes iguais à Santa Casa de Misericórdia de Novo Horizonte e a outras 14 Entidades do Município. O documento recebeu assinaturas de apoio de todos os integrantes do Legislativo.

Além da Santa Casa, a sugestão é que os valores sejam repassados também às seguintes Entidades:

- Sociedade São Vicente de Paula;

- Associação de Pais Amigos dos Excepcionais de Novo Horizonte (APAI);

- Lar da Velhice Maria de Souza Spínola;

- Centro Comunitário Ana Fiorelli;

- Oficina Educacional da Criança e do Adolescente (OECA);

- Associação dos Atletas do Futuro de Novo Horizonte;

- Assistência Social da Igreja Assembleia de Deus (ASIAD);

- Associação dos Voluntários e Amigos da Saúde de Novo Horizonte (AVAS);

- Associação Teshuvá;

- Associação Mão Amiga de Novo Horizonte;

- Associação Paradesportiva de Novo Horizonte;

- Associação de Voluntários do Projeto Pão Nosso;

- Associação Cultural Professor Sebastião Godoy;

- Instituto Pinheiro Machado – Educandário "José Willibaldo de Freitas".

No ofício foi ressaltado que essas entidades lutam diariamente para se manterem. "Sobretudo no final do ano, quando têm que pagar o 13º salário de seus funcionários. Esses recursos serão de grande valia para que possam manter seus serviços disponibilizados a toda a comunidade na área em que atuam", observaram.

No dia 8 de dezembro, os vereadores Beto de Souza, Amilcar Raphe e Ivone Magri Ruiz já haviam enviado ao Executivo ofício especial solicitando a possibilidade dos recursos não utilizados pela Câmara serem destinados à Santa Casa. Essa sugestão, segundo eles, foi acatada pelo Executivo. Agora, o objetivo é ampliar a quantidade de Entidades que poderão ser beneficiadas com os valores. 



Cadastre-se e receba notícias em seu email