Vereadores solicitam à Empresa Avianca não cobrança de multa sobre passagens de grupo da ETEC que irá participar de Congresso no México

Publicado por: Brunara Ascencio - Jornalismo Câmara Municipal

Publicado em: 14 de novembro de 2017

O Plenário do Legislativo aprovou, por unanimidade, na sessão ordinária realizada na última segunda-feira (6), o Requerimento nº 693/17, do vereador Leandro Tadeu Lança e assinado pelos demais vereadores do Legislativo, à Empresa Avianca, solicitando não penalizar com cobrança de multa o grupo de dois professores e sete alunos da ETEC "Professora Marinês Teodoro de Freitas Almeida", que irão representar Novo Horizonte/SP no IV Congresso Internacional de Inovação Educativa, que será realizado na cidade de Monterey, no México, em dezembro deste ano.

"Nós vereadores estamos representando o anseio de uma população de aproximadamente 40 mil habitantes e que se orgulha da educação oferecida em Novo Horizonte, pois a mesma é destaque estadual e nacional", iniciaram.

Segundo os edis, várias foram as conquistas realizadas pelos alunos da ETEC que deixaram toda a comunidade orgulhosa. "Integrantes da delegação brasileira no London International Youth Science Forum (LIYSF), que acontece no Imperial College, em Londres, no Reino Unido; e na Olimpíada Quanta – competição internacional de Ciências, Matemática, Habilidades Mentais e Eletrônica", por exemplo.

Os vereadores explicaram que, segundo consta nos documentos apresentados pela ETEC, o IV Congresso Internacional de Inovação Educativa seria realizado na Cidade do México, mas devido a fortes terremotos e pelo fato do campus do instituto ter sido danificado, houve a necessidade de transferir o evento para a cidade de Monterey, fato este que provocou aumento do percurso e que gerou a necessidade de troca de passagens aéreas.

Desta forma, sensibilizados pela situação, os edis solicitaram que os professores e alunos da ETEC não sejam penalizados com cobrança de multa em suas passagens aéreas. "Vale lembrar que se trata de uma escola pública e que todos os custos com viagem e hospedagem foram conseguidos através de muita luta e ajuda da população, através de bazares beneficentes e vendas de doces", ressaltaram.

No final do Requerimento, o vereador Leandro, primeiro subscritor do documento, salientou que irá conferir à Empresa Avianca o Título de Construtor do Bem, outorgado as pessoas físicas ou jurídicas, instituições ou corporações de carácter público, que através de ação, projeto ou programa venha trazer benefício à comunidade novo-horizontina.

********

- Para acessar a íntegra e a tramitação do Requerimento, clique aqui.



Cadastre-se e receba notícias em seu email