Vereadores visitam o Terminal Rodoviário e as residências atingidas pela cobertura que voou após ventania no final de outubro

Publicado por: Brunara Ascencio - Jornalismo Câmara Municipal

Publicado em: 21 de novembro de 2017

Os vereadores Antônio Dejair da Silva (Jair Gordo), Cléber da Rosa Moreira (Cléber Gaúcho), Douglas Alex Pedro (Locutor Douglas Alex), Ideval Rogério Cardoso (Ideval do Sinserp), Nelson Luiz Benevenuto (Nelsinho Luiz) e Sônia Maria Pasiani Canato, acompanhados de servidoras da Câmara, fizeram uma visita, na tarde desta terça-feira (21), ao Terminal Rodoviário "Same Calil Nicolau Eid" e aos proprietários e moradores das três casas atingidas pela cobertura da rodoviária, que se soltou e voou por aproximadamente 100 metros, após ventania que ocorreu no dia 27 de outubro.

A visita foi agendada após a sessão ordinária da última segunda-feira (20), na qual vereadores apresentaram queixas dos proprietários e moradores dos imóveis, que os procuraram alegando que não estavam recebendo nenhum amparo da Prefeitura Municipal.

No Terminal Rodoviário, os edis constataram que o prédio está totalmente descoberto, sem energia e com água apenas nos banheiros. A Prefeitura colocou um ônibus no local para abrigar os usuários em dias de chuva ou muito sol. A única cobertura que permanece é a do ponto de taxi.

A cobertura da rodoviária, além de atingir o telhado das residências, danificou móveis, eletrodomésticos e um veículo. Segundo os moradores, no dia seguinte ao fato, o prefeito municipal Toshio Toyota esteve no local e garantiu que a Prefeitura iria ressarcir os proprietários pelos danos nos imóveis. No dia 31 de outubro, conforme matéria divulgada no site da Prefeitura, Toyota afirmou que seria feito um relatório técnico das famílias prejudicadas, com todos os custos para a manutenção das residências, e que buscaria recursos junto à Defesa Civil do Governo do Estado de São Paulo.

No entanto, na tarde desta terça-feira, os proprietários dos imóveis afirmaram que técnicos estiveram nas residências, fizeram anotações, tiraram fotos, contudo nenhuma providência foi tomada até o momento. Um morador realizou todos os reparos por conta própria e protocolou na Prefeitura Municipal documento solicitando o ressarcimento do valor gasto.

O presidente da Câmara, Nelsinho Luiz, disse aos moradores que esteve com o prefeito antes da visita ao local. Segundo ele, Toyota afirmou que "o Departamento Jurídico está tomando as providências sobre o caso, no entanto, somente será possível ressarcir as famílias prejudicadas mediante processo judicial, pois o fato foi um fenômeno causado pela natureza".

Os moradores, no entanto, alegam que a cobertura da rodoviária não estava devidamente fixada, por isso voou por quase 100 metros até atingir suas residências e, para eles, é dever da Prefeitura arcar com os danos que tiveram.

No final da visita, os vereadores orientaram as famílias a documentar todos os danos que tiveram, com orçamentos e laudos técnicos, encaminhar à Câmara, para a elaboração de ofícios e Requerimentos, solicitando providências, que serão encaminhados à Prefeitura, ao Ministério Público e à Defesa Civil do Estado.

Os vereadores também vão solicitar a cobertura do Terminal Rodoviário e providências quanto à energia elétrica, que tem causando transtornos para as empresas que ali prestam serviços, além do local ficar bastante escuro durante a noite, gerando falta de segurança aos usuários.



Cadastre-se e receba notícias em seu email