Câmara aprova em segunda votação denominação de rua do Residencial Alto do Taquaral como "José Semensato"

Publicado por: Brunara Ascencio - Jornalismo Câmara Municipal

Publicado em: 12 de março de 2018

O Plenário do Legislativo aprovou, na sessão ordinária realizada na última segunda-feira (5), o Projeto de Lei nº 5.208/18, do vereador Nelson Luiz Benevenuto (Nelsinho Luiz), que denomina "José Semensato" a rua 4 do Residencial Alto do Taquaral.

O edil contou parte da história de vida de seu homenageado, natural de Bocaina/SP, filho dos italianos Giacomo Semensato e Giosepina Cassevara. "Ainda criança veio com seus pais morar no Distrito de Tapinas, Itápolis, e lá trabalhou na lavoura de café na propriedade de seu pai", lembrou.

Conforme o vereador, José casou-se em Itápolis com Maria Scatambulo e, em seguida, adquiriu terras no bairro rural Taquaral, em Novo Horizonte, sendo uma das primeiras famílias a residir no local, dedicando-se à formação de café na mata aberta.

"Foi, ainda, um dos primeiros proprietários de linha de ônibus, na época conhecida como jardineira, que fazia o trajeto bairro Córrego Grande ao Pau D’Alho. Após vendê-la, comprou um caminhão para utilizá-lo em seu sítio e também trazia os moradores gratuitamente para a cidade. Fruto de muito esforço e trabalho, fez aquisições de áreas dos bairros Barro Alto e Pirajá. Exerceu a função de inspetor de quarteirão no bairro Taquaral, nomeado pelo Delegado de Polícia daquele tempo", destacou.

Nelsinho ressaltou que o casal teve sete filhos: Amélia Semensato, casado com Francisco Delsin; Ardílio Semensato, casado com Eva Teixeira; Ângelo Semensato, casado com Benedita Santo Pedro; Hermínio Semensato, solteiro; Albino Semensanto, casado com Cleuza Proiete; Abílio Semensato, casado com Maria Augusta Celestino; e Otávio Semensato, casado com Palmira Dizarro.

"Mudou-se para a cidade por volta de 1975 e faleceu em 25 de junho de 1979", finalizou.

 

 

**********

Tramitação

- A matéria foi aprovada em primeira votação por unanimidade na sessão de 19 de fevereiro;

- Nesta sessão, a proposta foi aprovada em segunda votação por unanimidade e segue para o Executivo;

- Para acessar a íntegra do Projeto de Lei e detalhes de sua tramitação e votação, clique aqui.



Cadastre-se e receba notícias em seu email