Projeto Câmara Visita esteve na EMEB "Profª Hebe de Almeida Leite Cardoso"

Publicado por: Brunara Ascencio - Jornalismo Câmara Municipal

Publicado em: 18 de maio de 2018

Os vereadores Nelson Luiz Benevenuto (Nelsinho Luiz) e Cléber da Rosa Moreira (Cléber Gaúcho), acompanhados de servidoras da Câmara, fizeram uma visita, na quinta-feira (17), à EMEB "Profª Hebe de Almeida Leite Cardoso".

Os edis foram recebidos pela Subsecretária de Ensino Fundamental do Município, Daisy de Lourdes Basaglia Almagro; pela Diretora do Ensino Fundamental II da instituição, Maria Cristina Bertolini do Padro; e pela Diretoria do Ensino Fundamental I, Jane Delsin de Souza.

Segundo Maria Cristina, a instituição atende 1.300 alunos da rede municipal, que cursam o Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e o Magistério. "Somos em 76 funcionários ao todo, desde gestão, área administrativa, professores, limpeza", observou.

A EMEB foi avaliada entre as 10 melhores escolas do país, de acordo com estudo da Fundação Lemann, divulgado no início do ano, que utilizou como base os dados de 2015 de índices que mensuram a qualidade do aprendizado nacional e estabelecem metas para a melhoria do ensino, como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (Ioeb).

Daisy ressaltou que as excelentes avaliações que o Município tem recebido no que se refere à Educação é resultado de um trabalho em rede. "Os índices não levam em conta apenas a aprendizagem, mas toda a estrutura oferecida pelas instituições e a evasão escolar, que na rede não chega a 1%", ressaltou.

Indagadas sobre a reestruturação do transporte escolar e o possível remanejamento de alunos de uma escola para outra, Jane explicou que isso não irá afetar a aprendizagem do aluno. "Nas segundas-feiras realizamos HTPC, por exemplo, todos os professores de matemática de determinado ano se reúnem para discutir o que será passado naquela semana, ou seja, todos estão no mesmo conteúdo", salientou.

A inclusão de alunos com necessidades especiais também foi um dos assuntos abordados. "Temos aproximadamente uns 10 alunos que recebem atendimento especial, mas não existem salas especiais, eles possuem o auxílio de um profissional, além do professor, mas estudam em sala de aula regular", observou Cristina.

Os vereadores tiveram a oportunidade de conhecer a aluna Ana Elisa Ballero Zotesso, do segundo ano do Magistério, que representou o Município no Programa Parlamento Jovem Paulista, da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. "Desde 2016, quando estava no 9º ano que eu conheço o Parlamento Jovem, no entanto, este ano, de 291 projetos, o meu ficou entre os 47 escolhidos. Ele trata da criação de um banco de tecidos, principalmente os sintéticos que são descartados de modo inadequado e demoram muito para se decompor", afirmou. Ana Elisa destacou que só obteve êxito com a ajuda de uma equipe formada por dirigentes da escola, professores e colegas.

No final da visita, os edis conheceram a estrutura da escola, conversaram com alunos em uma sala de aula e parabenizaram gestores e professores pelo excelente trabalho desenvolvido na instituição e na Educação Municipal.



Cadastre-se e receba notícias em seu email