Vereador Celso Andrade Junior solicita que instituições financeiras cumpram leis municipais

Publicado por: Brunara Ascencio - Jornalismo Câmara Municipal

Publicado em: 24 de maio de 2018

O Plenário do Legislativo aprovou, na sessão ordinária realizada na segunda-feira (21), seis Requerimentos, do vereador Celso Andrade Júnior, a instituições financeiras, solicitando o cumprimento de diversas leis municipais.

O Requerimento nº 287/18 foi encaminhado ao Banco Itaú – Agência de Novo Horizonte; o Requerimento nº 288/18 ao Gerente Geral da Caixa Econômica Federal, Rodrigo Rafael de Souza e Ferreira; o Requerimento nº 289/18 ao Banco Santander – Agência de Novo Horizonte; o Requerimento nº 290/18 ao Gerente da Cooperativa de Crédito Credicitrus, Orlando José Mendonça; o Requerimento nº 291/18 ao Gerente Geral do Banco Bradesco, Carlos Inácio Alberto; e o Requerimento nº 292/18 ao Banco do Brasil - Agência de Novo Horizonte.

Nos Requerimentos, Celso solicita que as instituições cumpram as seguintes Leis:

- Lei nº 2.482/05 e suas alterações, que "Dispõe sobre a obrigatoriedade das agências bancárias e demais estabelecimentos de crédito de colocar à disposição dos usuários pessoal suficiente no setor de caixas, para dar atendimento digno e profissional aos seus clientes";

- Lei nº 2.795/07 e sua alteração, que "Obriga as agências bancárias e demais estabelecimentos de crédito, no âmbito municipal, afixarem em local visível e em destaque cartaz com as informações que especifica";

- Lei nº 2.553/05, que "Dispõe sobre o atendimento aos idosos, deficientes e ao público em geral nos caixas eletrônicos das agências bancárias";

- Lei nº 3.992/14, que "Dispõe sobre o atendimento pessoal em estabelecimento bancário no município e dá outras providências";

- Lei nº 3.259/10, que "Dispõe sobre a permanência de o sistema de ar-condicionado ficar ligado no recinto que abriga os caixas eletrônicos, fora do expediente bancário".

O vereador explicou que foi procurado por munícipes que estão descontentes diante do descumprimento das leis municipais citadas, que tratam de diversos assuntos. "Uma das principais reclamações dos moradores é a demora no atendimento nos caixas convencionais, bem como no atendimento pessoal. Os usuários alegam que chegam a esperar até uma hora e meia", observou.

Nos caixas eletrônicos, segundo o edil, a situação não é muito diferente. "Há formação de grandes filas, exigindo muita paciência da população e demandando seu precioso tempo. Posto isto, solicito que atenda a presente reivindicação, adotando medidas necessárias visando ao atendimento aos clientes e à população em geral de uma forma mais ágil", finalizou.

 

**********

Tramitação

- Os Requerimentos foram aprovados por unanimidade;

- Para acessar a íntegra e a tramitação dos Requerimentos, clique aqui.



Cadastre-se e receba notícias em seu email