Legislativo aprova alterações em dispositivos do Regimento Interno sobre funcionamento das sessões

Publicado por: Brunara Ascencio - Jornalismo CMNH

Publicado em: 01 de abril de 2020

O Plenário do Legislativo aprovou, por unanimidade dos vereadores presentes, na sessão extraordinária realizada nesta quarta-feira (1), o Projeto de Resolução nº 100/20, do vereador Cleber da Rosa Moreira (Cleber Gaúcho), que altera dispositivos do Regimento Interno da Câmara Municipal de Novo Horizonte.

Cleber explicou que o referido Projeto visa à dispensa da leitura dos Requerimentos e das Moções na Ordem do Dia, pois tais proposituras são lidas no Expediente, bem como possibilitar a votação individual das mesmas, no entanto, caso algum vereador solicite, os mesmos poderão ser lidos e votados individualmente. 

Outro tema proposto, segundo o edil, é a supressão da assinatura do livro de frequência das sessões, já que, no início do Expediente e da Ordem do Dia, há a verificação de presença pelo Secretário, a qual é registrada em Ata. "Além disso, as sessões são gravadas em meio eletrônico", observou.

Segundo o autor, a matéria também suprime a inscrição dos edis para a fala do Expediente e em Explicações Pessoais, já que é realizado sorteio com o nome de todos, para determinar a sequência/ordem da fala, podendo dela declinar os vereadores que não quiserem fazer uso da Tribuna.

 

******

Tramitação

- Para acessar a íntegra do Projeto de Lei e detalhes da tramitação, entre outros, clique aqui.



Cadastre-se e receba notícias em seu email